Get Out e chegue em uma mulher

indiceAgora quero propor um desafio para você que vive reclamando da dificuldade em se arrumar uma namorada ou então da dificuldade de conseguir encontrar alguém que te aceite do jeito que você é.

Isso é o que eu mais escuto dos meus amigos que não estão acostumados a ir a clubes e baladas e até mesmo que nunca tiveram um relacionamento com um mulher. Primeiro que fica difícil uma pessoa que nunca teve um relacionamento saber como é e ele acaba pensando somente nas parte boas e interessantes como sexo e poder mostras a namorada para os amigos e segundo que se você nunca treinar, dificilmente vai ficar bom em alguma coisa e isso é verdade para qualquer situação.

Saiba você que eu tenho a solução para quem precisa de ajuda neste sentido e que eu posso transmitindo o conhecimento que eu aprendi com grandes mestres da sedução desenvolver um lado que esta oculto em qualquer homem. E tirando algumas coisas básicas de como se vestir e que acessórios usar, eu tenho certeza que a atitude e a moral do rapaz que estiver aprendendo pode melhorar até chegar o ponto de conseguir conquistar uma namorada.

O meu desafio aqui é o primeiro passo para quem quer conseguir o que eu estou propondo e para isso parar de reclamar da vida e em como não consegue uma mulher. Mas já vou logo avisando que entrar nesse mundo da conquista e aprender a conquistar as mulheres e seduzi-las pode lhe trazer problemas como não querer mais uma só mulher e você acabar virando um verdadeiro cafajeste. Mas independente disto, vamos ao desafio:

  • Desafio de como chegar em uma mulher: Nos próximos 7 dias eu preciso que você vá para lugares públicos como um parques, cafés e baladas e sem nenhum responsabilidade, sabendo que você não vai conseguir nada com a mulher aborde uma ou um grupo de mulheres com assuntos aleatórios escolhidos pelo seu parceiro. Isso vai te dar um aquecimento e fazer você perder a vergonha de chegar em uma mulher e nunca vai mais ter medo! So, get out and go talk to a real woman!

Comments are closed.